Blog

Atenção às regras de envio de e-mail marketing em tempos de Inbound Marketing

By ANACLARA TOSCANO | 8 novembro 2017

Em tempos de Inbound Marketing, uma das estratégias mais utilizadas pelas empresas é o e-mail marketing. Justamente por isso, é fundamental ter atenção às regras de envio, para que seus objetivos sejam cumpridos, isto é, para que suas mensagens sejam lidas – e apreciadas – pelos consumidores, ativando o interesse deles pela marca, em vez de ir parar na famigerada caixa de Spam.

É assim que o público vai, por exemplo, fornecer dados objetivos para você e manifestar o interesse em consumir o material, produtos ou serviços que você está oferecendo. Existem, portanto, alguns cuidados básicos a serem seguidos. Confira:

 

 

• Tenha contatos de qualidade, sem esquecer a segmentação

Aposte, em primeiro lugar, em uma lista de contatos que tenha qualidade, isto é, que contenha endereços válidos de pessoas interessadas no que você tem a oferecer. Afinal, de que adianta enviar um milhão de e-mails para endereços que não estão mais ativos, gente que sequer sabe que sua marca existe, ou mesmo pessoas com interesses muito diversos?

Por outro lado, se você tem feito direitinho o trabalho de monitorar e conhecer o seu público, certamente terá contatos valiosos, a sua base. E a segmentação (seja por perfil ou por comportamento de usuários) é também muito valiosa, pois ajuda a endereçar o conteúdo certo para o público adequado.

 

  • Fuja das listas de spam e cuide para ter um bom assunto no e-mail

Cuidado com o assunto do e-mail. Palavras como ‘grátis’, por exemplo, já podem ser meio caminho andado para o destino que ninguém deseja: a caixa de spam. Além disso, se o título/assunto da mensagem não ajuda, o e-mail poderá nem ser aberto – portanto, mais um ponto de atenção para você. Seja objetivo, desperte a curiosidade do destinatário, mostre que você está enviando algo que tem valor.

Outra dica importante é ser proativo e educado: ofereça a opção de se descadastrar (aliás, é obrigatório oferecer o opt-out), deixe claro como obter mais informações e os contatos do seu negócio (endereço, telefone, redes sociais). Por último, mas não menos importante, seu e-mail deve ter design responsivo: lembre-se dos tablets e smartphones.

 

• Capriche no conteúdo e jamais canse o seu leitor

O conteúdo é rei! Portanto, capriche no que você vai mandar para o seu público. Seja relevante e original: envie material – criado por você ou fazendo a curadoria de outros autores/criadores – que vá ser novidade ou de extremo interesse, varie os formatos e os temas e, ao estabelecer um cronograma de envio, cumpra. Atente, também, para a periodicidade dos e-mails que você vai mandar. Dependendo do objetivo e do conteúdo, o envio semanal de uma newsletter pode ser suficiente.

Mas, claro, avalie o seu caso. O objetivo é manter o interesse e jamais entediar o leitor. Vale lembrar, também, de observar o peso do que você está mandando: mensagens que demoram para carregar cansam a pessoa e geralmente não recebem uma segunda chance.

 

  • Esteja sempre à disposição

Você deve monitorar e responder todos os contatos. Portanto, deve estar disponível para qualquer pessoa que procurar os seus canais. Lembre-se que ao enviar um e-mail você está abrindo uma porta de comunicação para o seu cliente, então este fluxo deve funcionar, seu negócio deve estar disponível para atendê-lo.

Vai ter gente respondendo com dúvidas, pedindo mais informações, fazendo sugestões e até mesmo reclamando – e todas essas pessoas estarão aguardando um retorno seu com a agilidade que a era digital promete. Não frustre o seu público.

 

  • Mais cliques e mais conversões

Um bom Call to action (CTA) é outro elemento importante. Com ele, você redireciona o cliente para responder algumas perguntas, baixar algum material que você está oferecendo, enfim, faz com que ele aja – clique no botão, vá para a landing page, preencha um formulário.

Ao encaminhar o cliente para uma landing page, lembre-se que ela também é conteúdo, portanto, repetimos o conselho: capriche. Informações objetivas, relevantes, os benefícios que o cliente terá, boas imagens e os elementos que você considerar serem pertinentes para trazer ainda mais sucesso a qualquer campanha por e-mail.

 

As dicas acima podem ser úteis para você? Deixe sua opinião nos comentários e continue acompanhando nosso blog para ter sempre informações relevantes para que se comunique cada vez melhor com seus clientes – e venda mais, é claro, contando com as ferramentas e a expertise do marketing digital.

Sobre o autor

ANACLARA TOSCANO

Técnica em Publicidade, Bacharela em Moda e Mestranda em Processos e Manifestações Culturais, tem experiência em produção de conteúdo estratégico digital, análise e mensuração de resultados.

Posts relacionados

8 dezembro 2017

O futuro do e-mail está na interação?

By REDAÇÃO DOXXA | 8 dezembro 2017

Nos últimos 40 anos, toda a tecnologia evoluiu e se transformou. O formato do e-mail, entretanto, não mudou muito. Mas, e se essa relação sofresse alteração? ...

Leia mais
8 maio 2018

[E-book] Como produzir o melhor conteúdo para Inbound Marketing

By REDAÇÃO DOXXA | 8 maio 2018

É preciso investir em estratégia para que o conteúdo se transforme em agente transformador de resultados. ...

Leia mais
2 abril 2018

E-books: a captação de leads por trás da estratégia de conteúdo

By LUCILA ROSA | 2 abril 2018

71% dos consumidores confiam em soluções que fornecem informações úteis sem tentar vender alguma coisa. E um e-book é um ótimo formato para produzi-las ...

Leia mais
Mensagem enviada com sucesso!