Blog

Conteudo inteligente como ser um bom competidor investindo menos

Conteúdo inteligente: como competir investindo menos?

By CAMILA FREITAS | 3 junho 2019

Produzir conteúdo inteligente não significa apenas criar bons materiais, com informações interessantes, e simplesmente publicá-los. Existe uma parte muito importante neste processo que está relacionada ao trabalho estratégico de ativação do conteúdo e você precisa saber disso.

Ainda existe no mercado a ideia de que para ter melhores resultados nas mídias sociais e buscadores é preciso investir muito dinheiro em anúncios pagos. Os famosos “ads” funcionam como o braço direito para muitos profissionais porque ajudam a impulsionar publicações e campanhas e a posicionar melhor um conteúdo no Google, por exemplo.

 

Porém, a verdade é que não basta apenas colocar mais e mais dinheiro nos seus posts para alcançar as pessoas certas e ter sucesso, o que importa mesmo é a qualidade do conteúdo e a estratégia que existe por trás dos materiais publicados.

 

Quando você quer subir posições nas páginas de pesquisa é preciso ser mais esperto que os buscadores. Neles, os primeiros resultados têm muito mais chances de serem clicados do que os resultados que estão mais abaixo, e o ideal é que você consiga aparecer entre os dez primeiro (pelo menos) – até porque essa visibilidade direciona mais tráfego para o seu site, o que aumenta as chances de venda.

Porém, uma dúvida muito frequente – e que deve ser feita no momento de avaliar a sua estratégia de marketing – é: quais são os critérios que ajudam a melhorar o meu posicionamento no ranking do Google? Ressaltamos isso porque eles são os principais fatores que vão determinar se o seu anúncio estará bem posicionado ou não.

 

O leilão do Google Ads

O Google Ads funciona como um leilão, mas, na realidade, não é um leilão simples, pois não é quem oferece o maior lance que aparece na frente. A definição do posicionamento do anúncio na pesquisa do Google é definida pelo AdRank e a sua fórmula é a seguinte:

 

Lance Máximo x Índice de Qualidade = Pontuação para classificação do anúncio

 

O ponto que deve chamar a sua atenção nesse cálculo é, justamente, o índice de qualidade, que nada mais é do que a avaliação feita pelo Google que determina se o anúncio, as palavras-chave e a página de destino são relevantes para as pessoas interessadas no assunto. Ou seja, ele é quem define como o conteúdo vai ser distribuído nas páginas de busca e permite que você alcance uma posição melhor mesmo que o lance de um concorrente seja maior.

Pode até parecer uma lógica estranha, mas a verdade é que de nada adianta tentar burlar o funcionamento do buscador ou apenas colocar mais dinheiro em uma publicação, enrolando o consumidor com conteúdos que não geram valor. O Google sabe quando o conteúdo é relevante ou não. Por exemplo, hoje, a estratégia de publicar um post atrás do outro sem muito critério e informação útil já não funciona, é preciso resolver as dúvidas e questões dos clientes com conteúdo interessante, e para fazer isso você precisa produzir conteúdo inteligente.

 

O conteúdo inteligente como diferencial

Então, no momento de competir com alguma marca para ter melhor posicionamento é importante focar seus esforços em conquistar um bom índice de qualidade nos seus anúncios. E, para chegar em bons resultados, é preciso lembrar que o Google pensa cada vez mais no que consiste o conteúdo e que, independentemente do dinheiro que você investe em ads, ele quer que o material produzido seja bom o bastante para ser distribuído para o público-alvo do seu negócio.

Portanto, as empresas que desejam ampliar o seu potencial de encontrabilidade devem realmente produzir conteúdo inteligente – ou seja, relevante, interessante, dentro dos padrões exigidos pelos buscadores e de muita qualidade. Sem esquecer, é claro, de estarem alinhadas às boas práticas de SEO, que ajudam no alcance dos consumidores certos, aqueles que buscam pelo seu produto ou serviço e se encaixam na categoria de “possível lead”.

Para construir conteúdos como esses e fazer com que o seu negócio não perca dinheiro quando entra para o leilão do Google, é importante avaliar alguns fatores que ajudam a definir o “padrão de qualidade da sua produção”. Veja, a seguir, quais são:

 

  • Pensar nas palavras-chaves é um dos mais importantes, elas precisam ter relevância com o conteúdo presente na página de destino;
  • Todos os detalhes do seu anúncio (palavra-chave, texto e conteúdo da página de destino) precisam conversar entre si e com a pesquisa realizada pelo usuário;
  • A página de destino deve ser composta por um conteúdo inteligente, relevante e original e oferecer uma boa experiência para o usuário, atingindo critérios de usabilidade e confiabilidade.

 

Todos esses pontos são importantes para saber qual está sendo o nível de aceitação e interação do seu público. Se eles estão clicando no seu anúncio é possível que a estratégia tenha dado certo (falamos “possível”, afinal, existem outras questões que influenciam o sucesso de um anúncio como o tempo que as pessoas ficaram na página de destino e se eles foram convertidos, por exemplo).

Mas, o ponto mais importante é que você vá atrás da melhor estratégia para o seu negócio, sabendo que as publicações que atendem quesitos de qualidade estão muito à frente do dinheiro investido em ads. Além disso, não esqueça que é preciso que as páginas de destino tenham bons conteúdos para ficar melhor posicionado e até pagar menos em seus anúncios.

 

Gostou do artigo? Então continue lendo os artigos e notícias do blog da Doxxa e saiba tudo sobre as novidades do universo do marketing.

Sobre o autor

CAMILA FREITAS

Jornalista formada na PUCRS, tem experiência em assessoria de imprensa, Marketing de Conteúdo, cobertura de eventos, produção de vídeo e revistas. Escreve sobre tecnologia, negócios, logística e comportamento.

Posts relacionados

5 regras do conteudo inteligente para Inbound Marketing 270x202 30 janeiro 2019

5 regras do conteúdo inteligente para Inbound Marketing

By ANACLARA TOSCANO | 30 janeiro 2019

Quando o seu desejo é atrair o interesse do público use o conteúdo inteligente, interessante e relevante nas suas estratégias de marketing digital. ...

Leia mais
A importancia do conteudo inteligente para converter leads 270x202 17 abril 2019

A importância do conteúdo inteligente para converter leads

By DUDA MIRALHA | 17 abril 2019

Depois de transformar os consumidores em leads, é chegada a hora de estar ainda mais atento para que este lead qualificado realmente vire um cliente. ...

Leia mais
Conteudo inteligente e conteudo util qual a diferenca 270x202 22 novembro 2018

Conteúdo inteligente e conteúdo útil: qual a diferença?

By EVA MOTHCI | 22 novembro 2018

O conteúdo inteligente mira não apenas a utilidade, mas busca transformar a empresa em seu segmento, destacando seu valor e relevância para o público. ...

Leia mais
Mensagem enviada com sucesso!