Blog

Estudo: 53% dos consumidores tendem a comprar mais de marcas mais transparentes

By REDAÇÃO DOXXA | 22 agosto 2018

A transparência é um tema recorrente no mundo do marketing, mas as preocupações com essa questão se acentuaram neste ano em meio às polêmicas sobre o papel das mídias sociais na divulgação de fake news e na coleta de dados dos usuários. Agora, a pesquisa da Sprout Social divulgada pelo Marketing Dive mostra que 86% dos consumidores pesquisados acreditam que a transparência é mais importante do nunca e 40% atribuem essa importância à influência das mídias sociais. E apenas 15% dos entrevistados considera que as marcas são, atualmente, “muito transparentes” no social.

Mais da metade desses consumidores afirmou que estaria mais propenso a considerar marcas transparentes nas mídias sociais para realizar suas próximas compras, enquanto 86% afirmaram que a falta de transparência os levariam a comprar de um concorrente.

Mas nove em cada dez desses consumidores dariam uma segunda chance a uma marca depois de uma experiência ruim, enquanto 85% dizem que, em uma crise, ficariam ao lado das marcas que no geral são mais transparentes.

 

Papel dos CEOs

Se o CEO de uma marca for transparente nas mídia sociais, um terço dos entrevistados compraria mais dela. E para 63% dos respondentes, os CEOs que mantêm seus próprios perfis são as melhores representações das empresas. Para os millenials, a mídia social é o principal canal de comunicação e é onde exigem transparência das marcas – 70% da geração do milênio quer que os CEOs tenham um perfil pessoal.

 

Fonte: Mobile Marketer

Sobre o autor

REDAÇÃO DOXXA

Mensagem enviada com sucesso!