Blog

Novos Millennials? Nada disso: conheça a Geração Z

By REDAÇÃO DOXXA | 21 maio 2018

 A Geração Z, os nascidos entre 1995 e 2012, somará 40% dos consumidores até 2020. Nativos digitais, eles são compradores conscientes e já têm um poder de compra de 44 bilhões de dólares. Os Millennials monopolizaram o foco do marketing por um longo período, mas talvez tenha chegado o momento de prestar atenção à Geração Z.

MNI Targeted Media Inc. dirigiu um estudo sobre o comportamento desse grupo geracional. Entrevistando estudantes de universidades sobre suas concepções de mídia, sem nenhuma surpresa, a pesquisa descobriu que a Geração Z é extremamente conectada – e isso se deve ao fato de eles terem crescido com as mídias sociais e à habilidade de perguntarem qualquer coisa ao Google.

Esse grupo é formado por consumidores que navegam facilmente pelas mais diferentes mídias sociais, mas usam cada plataforma de maneira distinta: usam o Facebook para se informar genericamente, usam o Twitter para saber das últimas notícias, usam o Snapchat para relações sociais e o Instagram para mostrar suas inspirações pessoais.

A pesquisa da MNI ainda mostrou dados significativos:

• Consciente política e socialmente, a Geração Z é proativa quando o assunto é fazer do mundo um lugar melhor. Eles escolhem marcas para serem leais e suas escolhas de compra refletem diretamente seu sistema de valores: recompensando empresas que se importam e que apresentam soluções para problemas sociais. Eles querem ver organizações se importarem e serem autênticas.

• Criado em um mundo de influenciadores, esse grupo aprecia mais a opinião de pessoas sobre um produto do que um anúncio publicitário. Eles, também, gostam de dar sua própria opinião sobre o mundo e de serem criadores de conteúdo, então, dar a oportunidade para que eles participem do processo de criação e de marketing do seu produto é bastante importante.

• Os anos de formação da Geração Z aconteceram durante um período de recessão, o que faz com que eles tenham uma noção maior de valor e de preço do que os seus pais e do que os Millennials. 72% deles disse que o preço é o fator decisivo de suas compras.

• Enquanto as gerações anteriores testemunharam suas marcas preferidas migrando para o mundo digital, a Geração Z conheceu o comércio através da internet e tem visto um movimento contrário, de empresas que saem do digital para o físico. 60% deles disse preferir comprar em e-commerces do que em lojas físicas.

Para vender para a Geração Z, é importante que as marcas saibam que não existe uma mensagem que chegue igual a todos eles. As organizações precisam ser autênticas, escutar as vozes desse grupo, saber usar as plataformas e saber como entregar experiências.

Se você acertar na mensagem, pelo menos em metade dela, eles recompensarão a sua atitude. Agora, se você errar, eles deixarão que você saiba disso.

 

Fonte: Inc.

Sobre o autor

REDAÇÃO DOXXA

Posts relacionados

18 julho 2018

A geração Z e sua desilusão com as mídias sociais

By REDAÇÃO DOXXA | 18 julho 2018

Pesquisa mostra que muitos dos nascidos entre meados dos anos 1990 e início dos anos 2000 estão abandonando as redes sociais temporária ou permanentemente. ...

Leia mais
2 junho 2018

Consumidores não se veem em anúncios personalizados, diz estudo

By REDAÇÃO DOXXA | 2 junho 2018

Consumidores alvo de anúncios personalizados disseram que, na maioria das vezes, não sentem que os anúncios são pessoais. ...

Leia mais
25 maio 2018

Geração Alpha: o desafio futuro do marketing

By REDAÇÃO DOXXA | 25 maio 2018

Nascidos a partir de 2010, a Geração Alpha será formada por imersos em tecnologia que verão todas as situações como oportunidades de interagir e aprender. ...

Leia mais
Mensagem enviada com sucesso!