Blog

Saiba identificar conteudo inteligente

Saiba identificar Conteúdo Inteligente

By LUCILA ROSA | 13 fevereiro 2019

Você já deve conhecer a expressão “conteúdo é rei”. Bem, pode até ser, mas essa majestade deve estar embasada em uma estratégia de conteúdo inteligente. E isso exige tempo, estudo, coleta e análise de dados, manutenção, testes, segmentação, pesquisa constante, discurso alinhado, conhecimento das demandas a serem atendidas. Ou seja, exige inteligência para que a sua marca consiga transmitir a mensagem desejada para o público correto, nos canais em que ele está, no formato que ele deseja.

Não se pode esquecer, ainda, que a voz da sua marca deve ser única e soar da mesma maneira, independentemente do canal. O objetivo do trabalho é criar conteúdos que gerem relacionamento, engajamento dos clientes e, logo, melhores resultados. A seguir, vamos falar de alguns aspectos essenciais e ajudar você a entender o que considerar na hora de escolher um fornecedor para a estratégia de conteúdo da sua empresa. Quer saber como identificar o conteúdo inteligente? Confira.

 

– Planejamento

O ponto de partida para construir qualquer bom planejamento é saber onde se quer chegar. Em marketing de conteúdo, não é diferente. Aumentar o número de leads qualificados? Melhorar a visibilidade da marca? Aumentar o número de conversões em vendas? Existem diversas maneiras e estratégias que levam à conquista de bons resultados em marketing, porém, o que não se sabe, muitas vezes, é que não há uma fórmula mágica que coloca as organizações no caminho do sucesso do dia para a noite.

Cada empresa tem um objetivo de negócio, alguma dor ou problema a ser resolvido, e um plano de marketing bem feito, baseado numa produção de conteúdo inteligente, pode ser a solução para melhorar sua imagem, reputação, visibilidade, campanhas e ações.

No entanto, antes de dar qualquer passo ou definir um plano de trabalho de comunicação e relacionamento com o cliente, é preciso levar em consideração fatores como: o contexto em que a empresa está inserida, as ações que os seus concorrentes diretos e indiretos estão tomando, o atual cenário do mercado, quem são os seus consumidores e o que eles querem (conhecendo suas características, desejos e anseios), assim como os recursos que a empresa tem para atingir os seus objetivos.

Sem toda essa bagagem de conhecimento, é muito difícil alcançar os resultados esperados ou superar qualquer expectativa como fornecedor. Não basta você partir de “achismos” sobre o que pode ser a solução para uma marca ou implantar uma estratégia de negócio similar (ou até mesmo igual) à de outra companhia só porque está tendo resultado para ela. Cada organização funciona de um jeito singular, tem suas metas e clientes específicos, e é importante ter isso em mente no momento de construir qualquer plano de comunicação.

 

– Produção de pauta

O segundo passo para confirmar se a sua empresa está produzindo conteúdo inteligente e atua por meio das estratégias de marketing certas é avaliar a pauta e o escopo de trabalho que está sendo feito. Qual é o formato do conteúdo entregue? Ele está de acordo com as tendências do mercado e é desenvolvido de maneira interessante? Existe diversidade na produção dos materiais? O conteúdo interage bem com o perfil de cliente? São várias perguntas que você deve fazer para testar se o seu fornecedor é um bom produtor de conteúdo e se ele realmente entrega materiais diferenciados e inteligentes.

Mas não são somente essas avaliações que você deve fazer. Depois de responder uma a uma essas questões e ter um público-alvo bem definido, é preciso verificar se, tanto na hora de formatar o escopo de trabalho quanto no momento de colocar a mão na massa e iniciar a produção do conteúdo, a persona, ou seja, o consumidor em potencial da empresa, está no centro das decisões. É para ele que os materiais desenvolvidos devem ser direcionados. Assim, o primeiro passo de qualquer estratégia de marketing, que é dialogar com os consumidores certos para o seu negócio, será sempre cumprido, e isso aumenta as chances do conteúdo ter bom desempenho nos buscadores e nas mídias sociais e de acertar os clientes em cheio.

 

– Produção de conteúdo

Depois de planejar e definir uma pauta de trabalho totalmente alinhada com os objetivos da empresa, voltada para a satisfação do consumidor, é importante estar atento à produção de conteúdo. Os materiais devem não somente seguir as etapas do funil de vendas, procurando atrair, nutrir e fidelizar os consumidores, mas ser de qualidade e muito relevantes para o cliente que se deseja atingir durante toda a jornada. Desde o primeiro contato com a marca e mesmo depois de finalizar a compra, ele deve ter as suas dúvidas resolvidas – afinal, quando um consumidor fecha negócio com a sua empresa, o relacionamento está apenas começando.

Então, depois de produzir materiais interessantes para atender às fases da jornada de cada lead e oferecer o conteúdo correto, no momento e por meio do canal certo, você deve se perguntar: “será que eles estão satisfeitos com as minhas entregas?”. É importante saber se as publicações e ações da empresa estão sendo bem-sucedidas, acompanhar o feedback dos leitores, assim como o número de cliques, desempenho ou conversão que determinado material pode ter gerado para o negócio para, depois, ajustar as produções de maneira inteligente e estratégica.

 

– Ativação e distribuição

Outro momento crucial que você deve prestar atenção e usar para medir se o seu fornecedor está preocupado em realizar uma produção inteligente é o da distribuição dos conteúdos (ou ativação, como gostamos de chamar). Essa é a tarefa que sucede um material bem produzido, mas que é igualmente importante para a boa performance do mesmo.

Na realidade, o caminho que o material vai seguir já foi pensado antes mesmo dele ser desenvolvido ou finalizado. Por isso, dizemos que a estratégia de ativação se torna um diferencial quando bem planejada. Ainda na construção da pauta, é preciso saber qual é o formato do material (se ele vai ser desenvolvido em texto, áudio ou vídeo) e o seu potencial de alcance. O objetivo é prever se será publicado em todos os canais da empresa, impulsionado e entregue por meio de mídia paga para clientes específicos da base de leads ou se dependerá de desempenho orgânico, por exemplo.

Definir a periodicidade de envio, se ele vai servir para compor algum fluxo de nutrição ou se ainda não é o tema ideal para enviar para clientes mais maduros também é fundamental. Enfim, são diversos pontos levantados – antes mesmo do material estar pronto – que fazem parte de uma estratégia de marketing inteligente e precisam ser avaliados na hora de escolher um fornecedor.

 

– Mensuração e análise de resultados

Nenhuma estratégia de marketing digital funciona completamente se não for mensurada e analisada. De nada adianta construir um planejamento de conteúdo estratégico, organizar uma pauta com materiais ricos, produzir conteúdos inteligentes, investir em estratégias de SEO e ativação se você não avaliar a performance dos materiais publicados para saber se seu objetivo se concretizou.

Independentemente de qual ele seja, levantar dados, investigar os detalhes que contribuíram para a performance do material (como o número de cliques e conversões) e verificar os indicadores de desempenho faz com que o seu trabalho chegue ao fim e o ciclo da publicação seja completo, desde o planejamento até a análise do que foi feito.

Ter essas informações em mãos serve não somente para saber se a estratégia de comunicação e marketing deu certo, mas também para a criação das próximas publicações. Isso porque os resultados formam o histórico da empresa, que serve para direcionar os planos futuros. Então, se um material foi bem-sucedido, é possível que a mesma estratégia seja aplicada outras vezes. Assim como se um conteúdo não rendeu o que se esperava, é necessário avaliar a causa e aprender para não repetir os mesmos erros nas próximas entregas.

Esses fatores são fundamentais para direcionar boas estratégias de marketing. E agora que você já sabe como avaliar se o seu fornecedor está sendo competente nas entregas, procure empresas especialistas em produção de conteúdo inteligente. Contate a Doxxa.

Sobre o autor

LUCILA ROSA

Jornalista formada na PUCRS, especialista em Comunicação Empresarial, atua no mercado desde 2010, com passagem pela RBS TV, Zero Hora e Guias RBS. Tem experiência em redação, revisão, atendimento e planejamento.

Posts relacionados

DOX 02FEV18 EBOOK01 ativacao 04 e1548858992681 270x202 8 maio 2018

[E-book] Como produzir o melhor conteúdo para Inbound Marketing

By REDAÇÃO DOXXA | 8 maio 2018

É preciso investir em estratégia para que o conteúdo se transforme em agente transformador de resultados. ...

Leia mais
Conteudo inteligente e conteudo util qual a diferenca 270x202 22 novembro 2018

Conteúdo inteligente e conteúdo útil: qual a diferença?

By EVA MOTHCI | 22 novembro 2018

O conteúdo inteligente mira não apenas a utilidade, mas busca transformar a empresa em seu segmento, destacando seu valor e relevância para o público. ...

Leia mais
Conteudo inteligente 6 tendencias para 2019 270x202 27 setembro 2018

Conteúdo inteligente: 6 tendências para 2019

By ANACLARA TOSCANO | 27 setembro 2018

Não fique parado sem saber qual rumo tomar no próximo ano, comece a planejar as suas estratégias de marketing e foque na produção de conteúdo inteligente. ...

Leia mais
Mensagem enviada com sucesso!